Inglês: O Ingrediente Indispensável Para Internacionalizar A Tua Organização 1

Inglês: O Ingrediente Indispensável Para Internacionalizar A Tua Organização

Adaptação do texto original publicado por Will Yakowicz no Inc. Atualmente, o universo dos negócios está cada vez mais globalizado, principalmente porque a maioria das pessoas está conectada à Internet. Mas, mesmo que somente cinco por cento da população mundial fala inglês como língua materna, mais da metade do assunto que circula pela rede está por esse idioma. Contudo, o inglês não permite o contato entre os milhões de usuários das mídias sociais e está integrado no nosso sistema de ensino, entretanto que pode ser considerado como um ‘agente de negócios global’.

Contudo a coisa vai mais e também um descomplicado teclado. O inglês é uma parte importante dos comandos dos equipamentos informáticos. Fisher diz que os dez principais linguagens de programação são baseados nesse idioma. Python e Ruby, entre os 10 primeiros, foram montados por nativos holandeses e japoneses, respectivamente. De acordo com Fisher, este acontecimento revela que “os falantes de inglês não nativos adaptam-se, aprendem e usam o inglês no momento em que perseguem metas extenso escala”.

  1. 13:Quarenta “Eu votaria, segurísimo”
  2. São mantidas as obrigações de conservar uma cópia
  3. Observação de Mercados Internacionais
  4. Colocar o regime jurídico do comércio exterior

A língua inglesa se tornou uma ‘língua de colaboração’, sobretudo no universo dos negócios. Se a contas com uma equipe global, o mais possível é que tenha que dizer em inglês em reuniões. E o que se passa na sua empresa, não se sabe inglês?

O utilizam amigos pra se manter em contato, parceiros de negócios, pra coordenar as reuniões ou compartilhar recursos úteis, e das celebridades e políticos, pras datas de seus shows, conferências, lançamentos de livros ou de horários de viagens. Uma ampla e crescente gama de ferramentas adicionais permite atualizações complexas e a interação com outras aplicações, e a profusão resultante da funcionalidade está ajudando a definir algumas possibilidades pra esse tipo de comunicação. Um blog poderá ser privado, como na maioria dos casos, ou poderá ser para fins comerciais. Os blogs que são usadas internamente pra aprimorar a intercomunicação e a cultura de uma população anônima ou externamente pras relações de marketing, branding ou relações públicas são chamados sites corporativos.

Um blog corporativo costuma fazer fração de uma estratégia de content marketing ou marketing de assunto, cuja meta é trazer tráfego orgânico para o site da empresa e alcançar clientes que estavam interessados em um produto ou serviço. Você necessita publicar o que se entende.

o valor é proporcionar conhecimentos qualificados e comparáveis, é impedir a desordem informativa e ser proibida a si mesmo a polêmica. Que melhor forma de fazer esta máxima que escrevendo a própria profissão. Há que evitar a complacência. Um site corporativo procura atrair, e não convencer, o que escrever somente sobre isto as qualidades positivas e excelentes de um mesmo ou de a organização costuma causar suspeita.

Na realidade, a seriedade com que se expressa o tema agora faz o serviço da própria excelência. Há que ser frequente. Não se necessita publicar de em tal grau em em tão alto grau, nem sequer construir o sentimento de vazio e silêncio entre aqueles que possam estar à espera de uma resposta.